26 de ago de 2011

Quereres

já quis ser invisível
já quis ter super poderes
já quis poder voar

já quis ser grande
já quis ser pequeno
já quis como os peixes nadar

já quis ser alegre
já quis aprender, apreender
já quis me libertar

desses quereres o primo
latente
já quis sobre a noite eterna deitar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário