26 de jul de 2011

fragmentos I

dentro de mim habita
um tolo suicida
que insiste em morrer de amar

(adancosta)

Nenhum comentário:

Postar um comentário